ketelynemdubai

Amigos, esse blog é para contar um pouquinho da minha (nossa, na verdade, Re e minha) nova experiencia para vcs !

Friday Brunch … um evento com cara de Dubai !! 12/12/2012

Brunch é uma refeição de origem Britânica que combina o café da manhã (breakfast em inglês) com o almoço (lunch em inglês). Em vários lugares do mundo, é normalmente realizada aos domingos, feriados ou datas comemorativas, quando toda a família se reúne por tempo indeterminado em torno da mesa. Mas aqui em Dubai é uma tradição que acontece todas as sextas feiras (que na verdade é o nosso domingo, visto que trabalhamos de domingo a quinta aqui) e acontece nos melhores hoteis da cidade, no estilo Dubai de ser (sim, o estilo Dubai de ser quer dizer: muito brilho, muita ostentação, muita fartura e praticamente um desfile de roupas e carros …inshalla !!!)
Aqui tem brunches para todos os bolsos e gostos, mas claro, eu vou comentar dos que eu já fui e geralmente vamos nos mais badalados, afinal, os brunches aqui em Dubai são um evento onde a comida é uma mera parte! Minha meta é conhecer todos os principais até irmos embora daqui … e como comer nunca foi um problema pra mim ou pro Re, estamos firmes e fortes em busca da meta!

Geralmente funciona assim: começa umas 12:00 e vai até umas 16/17hs … tem brunch que começa antes e tem brunch que emenda em balada e vai até as 8 da noite ! Mas basicamente são eventos com muita (mas pensa em muitaaaa comida … um buffet do Jardineira é tipo 1/10  do que é o buffet de um brunch), com fartura de frutos do mar (normalmente muita lagosta e camarões gigantes), bebida alcoólica ilimitada (de cerveja a champagne, passando por vinhos e coquetéis preparados pelos bartenders), música ao vivo (ou banda, ou DJ, ou os dois, rs), um buffet imenso de sobremesas e algumas atrações extras, que ai depende do lugar.
Claro, como eu disse, tem mtos tipos … tem restaurantes mais refinados, como por exemplo o do Burj al Arab que o foco é na qualidade da comida e da bebida (então claro que as champagnes são das mais refinadas), e a música ambiente fica por conta de uma pianista ou um violinista. Já tem outros, como por exemplo os dois maiores e mais premiados de Dubai, do hotel Westin e do hotel Al Qasar, que o foco é no maior evento possível. Ainda tem os brunches com cardápio especifico, por exemplo no Nobu (um dos mais prestigiados restaurantes japoneses do mundo, com sede em NY), que serve vários courses dos principais pratos do cardápio deles + bebidas ilimitadas, que além das básicas que eu já comentei, tem drinks com saque e cerveja japonesa.

A ideia geral é a mesma … vc morre de comer e beber, geralmente com a galera ou com a família … para os mais animados, tem muitas baladas que começam logo depois do brunch e vao até a noite … para os demais, volta-se rolando pra casa e só se pensa em comida no dia seguinte, rs …
Ah, o preço também varia bastante, mas a média é de uns R$ 300,00 – R$ 350,00 por pessoa, com Moet Chandon a vontade ! Também tem pacotes sem bebida alcoólica que geralmente é uns R$ 100,00 mais barato, mas pela quantidade, qualidade e variedade de comidas vale muito a pena.

É dificil mostrar a real dimensão através de fotos, mas seguem algumas, pra vcs terem uma ideia:

Buffet com muitos tipos de sobremesas, todas em miniatura, para vc conseguir provar várias opções ! (Westin Dubai)

Buffet com muitos tipos de sobremesas, todas em miniatura, para vc conseguir provar várias opções ! (Westin Dubai)

Como fica o seu prato, uma combinação de tudo mais alguma coisa (Al Qasar)

Como fica o seu prato, uma combinação de tudo mais alguma coisa (Al Qasar)

Muitas ilhas com comidas típicas de vários lugares (Al Qasar)

Muitas ilhas com comidas típicas de vários lugares (Al Qasar)

Buffets que parecem labirintos (Al Qasar)

Buffets que parecem labirintos (Al Qasar)

Buffet de chocolates artesanais (Al Qasar)

Buffet de chocolates artesanais (Al Qasar)

Buffet de queijos e vinhos (Westin Dubai)

Buffet de queijos e vinhos (Westin Dubai)

Os chefs repõem as comidas o tempo todo (Westin Dubai)

Os chefs repõem as comidas o tempo todo (Westin Dubai)

Das sobremesas mais "gordas" as frutas mais exóticas, tem pra todos os gostos (Al Qasar)

Das sobremesas mais “gordas” as frutas mais exóticas, tem pra todos os gostos (Al Qasar)

Frutos do mar de todos os tipos, vc escolhe fresco e eles fazem na hora (Westin Dubai)

Frutos do mar de todos os tipos, vc escolhe fresco e eles fazem na hora (Westin Dubai)

Muita comida japonesa também (Al Qasar)

Muita comida japonesa também (Al Qasar)

Al Qasar hotel ... a vista dos brunches também são sempre especiais

Al Qasar hotel … a vista dos brunches também são sempre especiais

Carnes preparadas para qq gaucho não colocar defeito (Ruth's Chris Steak House)

Carnes preparadas para qq gaucho não colocar defeito (Ruth’s Chris Steak House)

E muita bebida ... os garçons não deixam o copo ficar meio vazio, o que é um perigo para muitos

E muita bebida … os garçons não deixam o copo ficar meio vazio, o que é um perigo para muitos

Vista do Burj al Arab

Vista do Burj al Arab

Buffet no Burj al Arab

Buffet no Burj al Arab

Decoração no Burj al Arab

Decoração no Burj al Arab

Ao visitar Dubai, não se deve perder um desses eventos (importante reservar, já que alguns desses eventos lotam quase 1 semana antes) … aqui uma lista dos que eu fui e que mais gostei :

Burj al Arab, restaurante Al Muntaha – No 33 andar, o restaurante é todo de vidro e vc tem a vista da palmeira e da ilha do mundo. Comida excelente, apesar de pouca variedade (mas qdo eu digo pouca é pq estou comparando com outros brunches, comparado com buffets no Brasil, tem mta variedade, rs)
Westin Hotel, brunch Bubbalicious (que é a junçao de 3 restaurantes do hotel, um de frutos do mar, um de carnes e outro de comida tailandesa) – Um evento em grande estilo, muita comida e bebida, música ao vivo e linda vista. Quem quiser curtir a banda, curtir show de mágica, malabarismos e etc,  precisa reservar mesa no restaurante Blue Orange … quem não se importar com musica, qq restaurante do complexo tem sua beleza
Al Qasar, Madinat Jumeirah Souk – Hotel maravilhoso e o maior brunch de todos, com certeza vale muito a pena … perdi as contas de quantas “ilhas” de comida tem o lugar, que também é a junção de todos os restaurantes do hotel … tem de comida mexicana a tailandesa, e drinks divididos conforme o tipo da nacionalidade da comida
Ruth’s Chris Steak House (restaurante muito famoso em NY/USA) – esse brunch é bem diferente, e o foco é em carnes vermelhas … ao invés de um buffet gigante, eles trazem o menu do restaurante e por um preço fixo vc pode comer o que quiser, quantas vezes quiser, incluindo as entradas, pratos principais, sobremesas e bebidas. Uma dos melhores cortes de carne vermelha que já experimentamos em Dubai
Nobu: Comida japonesa da melhor qualidade, servida num restaurante de decoração impecável no hotel Atlantis, na palmeira. Recomendo super o black cod, o principal prato da casa (e que faz parte do menu do brunch)

Se vc estiver procurando por algo um pouco mais acessível onde o foco é a balada e não a comida, essa é uma ótima opção: Al Murooj Rotana hotel, onde o brunch acontece num pub, regado a muita, muita bebida, Djs e ótimas bandas ao vivo … um ótimo lugar pra curtir com a galera, fica em frente do Burj Khalifa e o Dubai Mall (downtown Dubai) e mesmo com bebida ilimitada, custa em torno de R$ 110,00. Ah, e é claro, a diversão é garantida porque lá pelas 4 da tarde o povo já está tão bebado, tão bebado, que metade cai na pista, as mulheres que foram de periguetes com salto de Lady Gaga começam a torcer os pés, mostrar a calcinha, pagar peitinho, tudo com muita classe !

 

E Natal em país muçulmano, pode Arnaldo? 26/12/2011

Filed under: Ketelyn em Dubai — Ketelyn em Dubai @ 7:59
Tags: , , ,

Queridos amigos … esse post é pra contar pra você uma coisa que nem eu mesma estava esperando … Dubai decorado pra Natal !!!
Pois bem, o pais todo muçulmano, que não se pode nem mascar chiclete no Ramandam, decora tudo tudo pra Natal … shoppings, praças … mas é claro que o nome disso não é festival religioso, e sim, festival consumista, hehehehe.
Os shoppings são decorados lindamente com imensas árvores de natal, bolas, tem papai noel sentado no trono, imitaçao de neve (só imitação né? Pq aqui está 20 graus no auge do inverno, rs) e musiquinhas natalinas. A IBM tbém entrou no espírito natalino e decretou dia 25 de dezembro feriado (ok ok que pra vcs caiu num domingo, mas eu trabalho no domingo, lembra? Delicia de feriadinho !)
Além de toda a decoração, os restaurantes também se preparam para grandes jantares e almoços no dia 25. Como eu sempre digo, eles acham que aqui é país arabe, mas na verdade aqui é Estados Unidos !
Mas agora eu vou contar o MEU natal … pra evitar aquele chororo por estar longe da familia, a gente decidiu fazer um grande jantar de natal no dia 24. E a ideia foi genial: cada um de nós, de uma nacionalidade diferente, tinha que preparar um prato típico do seu pais !!! Além de um jantar delicioso, ia ser tambem um turismo gastronomico 😉
Pois bem, eu resolvi preparar feijoada … quer algo mais típico brasileiro? Ok Ok, já sei que vc está pensando que feijoada não é prato de Natal … mas qdo vc está longe de casa e longe da familia, prato de natal é o que vc quer comer e ponto !
E ai começou a minha saga …
Parte 1: como encontrar carnes de porco num pais mulçumano (eles não comem nada de porco) … missão comprida, comprei vários tipos de linguiça, umas de vaca, concordo, rs, e apesar de ter faltado o meu tão querido paio, deu tudo certo.
Parte 2: como salgar a carne pra virar meio que uma carne seca, rs … Essa parte foi com muita pesquisa na internet e com uma maratona de 36 horas  …. Carne de molho na agua salgada, com troca de agua a cada 12 horas  …
Parte 3: Como cozinhar a carne sem explodir a casa … pois bem, panela de pressao + carne + oleo + fogo = muita muita muita fumaça, carne igual carvão, alarme de incendio disparado e 2 bombeiros no seu apartamento … E pode tirar o pensamento sujo da mente … os bombeiros daqui NAO se parecem com os strippers que estão na sua mente agora … NAO MESMO ! … Conclusão da parte 3: nunca, NUNCA MESMO, coloque a panela de pressão no fogo sem colocar agua dentro !!! Vai me dizer que você sempre soube que pra cozinhar carne tinha que por agua? Ah ta bom …
Parte 4: Como juntar tudo, feijao preto (ah, esse eu trouxe do Brasil), carnes, linguiças, temperos, folha de louro (sim, eu achei folha de louro aqui … fui uma heroina, rs) e fazer ficar temperadinho e com cara de feijoada ! Ah, pra quem tá pensando que ia ser fácil fazer a feijoada porque só ia ter gringos e eles são sabem como é o prato realmente, se enganou … tinham 4 brasileiros … se eu errasse na mao tava fubecada …
Mas a missão foi cumprida com sucesso … que digam os 3 pratos que o Jerzy e o Matt comeram !!!
E como a gente achou que quase 3 kgs de feijoada ia ser pouco pra 6 pessoas, rs, o Matt assou um peruzinho americano de 9kgs e salada de batata,  a Barbora fez um pato eslovaco com uma salada com cream cheese, a Polina fez uma torta de queijo bulgara e vários charutinhos de folha de uva com arroz e uva passa e eu ainda fiz uma tabua de frios + um pudim de doce de leite. Ainda ganhamos champagne e cupcakes do casal de amigos brasileiros … Ta bom pra vcs?
Claro que a gente comeu e saiu rolando depois …
A noite foi ótima, mta risada, mta comida, mta bebida, incluindo eggnog (parece estranho quando eu explico que é ovo cru, vodka e leite condensando, mas é uma delicia !) e um grande jantar com a familia substituta. Trocas de presentes, músicas natalinas e uma grande felicidade por ter encontrado amigos tão queridos que fizeram o seu máximo para deixar a noite de natal linda !
Ah, e no outro dia, pra almoço, teve brunch num hotel…. preciso dizer que morremos de comer ou já deu pra entender?

Muitos me perguntaram se foi muito dificil passar longe de todos … claro que não é fácil, mas com muitas ligaçoes no skype + o verdadeiro significado do natal no coração fez tudo ficar mais colorido.

Feliz Natal com muito amor ! Kételyn

Feijoada... pra quem não acredita nos meus dotes culinários !

Pratinho do Jerzy, brasileiro, pra não deixar dúvidas que a feijoada tava boa, rs

Pudim de Natal 🙂

Familia substituta

Visitas das brasileiras e gringos 😉

Brunch no dia seguinte ... porque a gente comeu pouco no dia anterior

Decoração de Natal, em um dos shoppings